Banda não comentou

De acordo com o site The Star Online, o partido islâmico da Malásia (PAS) Youth está protestando o show do Megadeth no país, que está marcado para acontecer amanhã.

O porta-voz do partido Hishamuddin Abdul Karim diz que a permissão dada ao Megadeth para realizar o show não levou em consideração os “efeitos negativos que bandas como essa tem em sua plateia”. O partido ainda argumenta que a permissão só aconteceu por um descuido das autoridades, que acabaram por violar as normas de entretenimento estabelecidas pelo Departamento de Desenvolvimento Islâmico do país.

Karim também questionou o que o evento traria de benéfico para a população do país, sugerindo que seria apenas uma oportunidade para “testemunhar culturas não-saudáveis”.

Apesar do partido negar envolvimento com a distribuição, panfletos estão sendo espalhados com a foto do líder Muhammad Khalil Abdul Hadi chamando pessoas para protestar no evento.

O Megadeth foi banido de tocar no país em 2001, e o partido diz que a proibição deve continuar vigente. O show está marcado para amanhã, dia 4, no estádio Negara em Kuala Lumpur.

Segundo o jornal The Malay Mail, no ano passado, o mesmo partido protestou a passagem da pop star Selena Gomes no país, por razão de sua ‘sensualidade’.

Tags:
Categorias: Notícias