O músico foi acusado de assédio sexual por uma estudante

Nick Catanese, ex-guitarrista do Black Label Society, se declarou culpado por assédio sexual em uma audiência no tribunal de Pittsburgh, Pennsylvania.

Catanese, que também é um instrutor na School of Rock Castle Shannon, usou seu Instagram para enviar uma foto de seu pênis para uma estudante de 14 anos. Segundo o Pittsburgh Post-Gazette, ele também pediu para a garota enviar fotos dela e descreveu inúmeros atos sexuais nas mensagens. Após saber sobre o caso, a escola o demitiu.

Ao se declarar culpado, a juíza o sentenciou a cinco anos de liberdade condicional e proibiu seu contato com menores de idade e seu acesso a Internet.

O guitarrista acompanhou a banda liderada por Zakk Wylde por 17 anos em suas apresentações ao vivo, fazendo parte apenas de três álbuns de estúdio: Mafia (2005), Shot to Hell (2006) e Order of the Black (2010). Ele foi substituído por Dario Lorina em 2014.

Confira mais notícias sobre: