Grupo ainda alegou que a produção da série não obteve autorização para ser feita

O Mötley Crüe acusou a série Breaking the Band de mentir sobre a história por trás do término da banda. Segundo publicações nas redes sociais dos integrantes, tudo o que foi contado no primeiro episódio da segunda temporada é mentira.

Vince Neil publicou no Instagram um texto dizendo que o programa não é nada mais que “memórias do empresário Doug Thaler que não consegue se lembrar que foi ele quem separou a banda”. O vocalista não gostou que a série mostra ele como o culpado pelo fim do grupo quando decidiu focar em sua carreira de piloto de corrida.

Nikki Sixx também falou sobre o assunto alegando que a produção da série não obteve autorização da banda ou de nenhum integrante para ser feita e ameaçou levar os produtores à justiça.

Breaking the Band estreou em 2018 e em cada episódio conta com supostos detalhes verídicos de como e porquê as bandas mais icônicas da músicas acabaram. Alguns dos grupos que apareceram na série foram os Beatles, Van Halen e Eagles.

View this post on Instagram

#breakingtheband #myreview #motleycrue

A post shared by Vince Neil (@thevinceneil) on

LEIA TAMBÉM: Mötley Crüe: John Corabi ficou “surpreso” de ter aparecido do filme ‘The Dirt’

Categorias: Notícias