Segundo a BBC, o ator escocês Sean Connery, imortalizado por ter sido o primeiro, e segundo muitos, o verdadeiro espião James Bond, morreu aos 90 anos, nesta madrugada, 31.

A família do ator, reportou que ele morreu durante o sono, nas Bahamas.

Além de interpretar sete vezes o espião 007, Connery teve mais de 90 papéis em mais de 50 anos de carreira e ficou muito famoso por papéis icônicos em filmes como “Highlander”, “Indiana Jones e a Última Crusada”, “Os Intocáveis” e “O Nome da Rosa.”

Este último, baseado no romance de Umberto Eco, inspirou Steve Harris a escrever o épico “Sign of the Cross”, faixa de mais de 11 minutos, que faz parte do álbum The X Factor de 1995.

A música, originalmente cantada por Blaze Bailey, também teve grande destaque na versão de 2001 do Rock In Rio com Bruce Dickinson nos vocais.

O filme estrelado por Sean Connery foi lançado em 1986, aonde ele interpreta o personagem William von Baskerville.

Em “Os intocáveis”, de Brian de Palma, Sean Connery ganhou o Oscar em 1988 na categoria de melhor ator coadjuvante.

LEIA TAMBÉM: Iron Maiden anuncia disco ao vivo ‘Nights of the Dead’ gravado no México; saiba mais

Categorias: Notícias