Formação será parecida com a do disco 9, com exceção de Timi Hansen que não fará parte

O Mercyful Fate confirmou que irá se reunir em 2020 para uma série de shows, incluindo o festival europeu Wacken.

A notícia foi divulgada pelo vocalista King Diamond em suas redes sociais e, segundo ele, a formação será a mesma do disco 9 (1999) com os guitarristas Hank Shermann e Mike Wead e o baterista Bjarne T Holm, além de Diamond nos vocais. A única exceção é o baixista Timi Hansen, que será substituído por Joey Vera.

King Diamond explicou por que convidou Joey Vera e revelou que irá trabalhar em músicas novas. “Pedimos para Joey Vera entrar porque ele tem um estilo e sonoridade muito únicos tocando com os dedos, muito parecido com o de Timi Hansen. Isso é importante, já que o repertório só será composto de músicas do primeiro ‘mini LP’ (EP Mercyful Fate, 1982) e dos álbuns Melissa (1983) e Don’t Break The Oath’ (1984), além de músicas novas feitas especificamente nesse estilo”, contou.

O Mercyful Fate esteve na ativa entre os anos de 1981 e 1985 e, posteriormente, entre 1993 e 1999, quando encerrou as atividades de forma definitiva. Algumas reuniões aconteceram nos anos de 2008 e 2011.

Categorias: Notícias