Single “XIII” antecipa o lançamento de Hybrid War, novo disco do Malvina

O Malvina antecedeu o lançamento do novo álbum Hybrid War com a divulgação da faixa “XIII”, acompanhada de videoclipe. O single saiu nesta terça-feira, dia 23, mesmo dia do julgamento do recurso que pode colocar em liberdade o ex-presidente Lula.

A música faz referência ao ano de 2013, período que antecedeu a saída da ex-presidente Dilma Rousseff. O ano foi marcado pelo ambiente de crescente instabilidade e revolta. O som é definido como um punk rock pesado, misturado com thrash metal e elementos do rock progressivo.

O assunto das manifestações é abordado sob o conceito geral do álbum, as “Guerras Híbridas”, um tipo de guerra não-convencional. “XIII” termina com uma pergunta direta, que exige resposta sobre o papel de cada um de nós nos rumos do país. “Somos uma força a nos autodestruir?”

O videoclipe, filmado pela Alima Produtora Audiovisual na Nitshore, uma base offshore situada no Porto de Niterói, faz alusão à indústria petrolífera, um dos setores da economia nacional mais afetados pela atuação da Operação Lava Jato.

A música possui referências do punk rock dos anos 90, como Bad Religion. Porém, com mais peso e densidade, fazendo um crossover com uma sonoridade mais thrash, como Voivod e Megadeth. A estrutura é anárquica, característica do progressivo.

LEIA TAMBÉM: Malvina: novo single denuncia participação dos eua na política brasileira

Confira mais notícias sobre: