Ex-baterista busca redenção em autobiografia

No dia 23 de Novembro, Peter Criss, ex-baterista do KISS lançou um livro de memórias, entitulado “Makeup to Breakup”.

A obra tem recebido duras críticas na imprensa, a grande maioria dizendo que, embora o Rock Star busque a humildade e a redenção por problemas antigos, ele passa uma imagem “egoísta, irritante e mesquinha” (The Village Voice).

Eric Singer, chamado de desagradável no livro, replicou comentários de Criss durante uma entrevista. Singer disse que Criss não o conhece e não tem motivo para criticar qualquer um dos membros da banda. O atual baterista também comentou que Criss está buscando um jeito de voltar aos holofotes, já que não tem recebido atenção desde sua saída da banda.

Ler todas as noticias do Wikimetal News

Tags:
Categorias: Notícias