Guitarrista também falou sobre desejo de reunião nos últimos dias

Fundador de bandas brasileiras Viper, Angra e Shaman, Andre Matos nos deixou no último sábado, 8, e a internet está inundando de homenagens.

Entre elas está a de Kiko Loureiro que foi companheiro de Andre durante nove anos no Angra, entre 1992 e 2000. Em um vídeo publicado em seu canal do Youtube, o músico, hoje no Megadeth, relembrou sua história com o colega:

“Que manhã triste! Um telefonema e a notícia que Andre Matos faleceu. A vida é frágil demais. Chorei. Desde os 14 anos, lá nos tempo do Colégio Rio Branco o André já era referência . A gente queria ser como ele. A voz inigualável, o talento para o piano. Felizmente o destino nos uniu por nove anos. Os tempos que passamos juntos, criamos e vivemos coisas incríveis estão guardados no lugar mais especial da minha memória. O sonho maluco de ter uma banda de heavy metal famosa mundialmente que conversávamos enquanto sentados no ônibus indo para os ensaios. As músicas que ele fez, eternas ( toca Carry On!), os álbuns, dos primeiros shows precários às grandes turnês na Europa. Tudo vêm à mente agora. O agudo inigualável, a olhadinha por cima dos óculos redondos… André, você foi e será tão importante para todos nós. Na semana em que ele falou que gostaria de tocar juntos de novo, após 20 anos. Triste demais. Sua voz, suas músicas, seu piano serão eternos para todos nós fãs. Obrigado André. Descanse em paz. #andrematos”

View this post on Instagram

Que manhã triste! Um telefonema e a notícia que Andre Matos faleceu. A vida é frágil demais. Chorei. Desde os 14 anos, lá nos tempo do Colégio Rio Branco o André já era referência . A gente queria ser como ele. A voz inigualável, o talento para o piano. Felizmente o destino nos uniu por nove anos. Os tempos que passamos juntos, criamos e vivemos coisas incríveis estão guardados no lugar mais especial da minha memória. O sonho maluco de ter uma banda de heavy metal famosa mundialmente que conversávamos enquanto sentados no ônibus indo para os ensaios. As músicas que ele fez, eternas ( toca Carry On!), os álbuns, dos primeiros shows precários às grandes turnês na Europa. Tudo vêm à mente agora. O agudo inigualável, a olhadinha por cima dos óculos redondos… André, você foi e será tão importante para todos nós. Na semana em que ele falou que gostaria de tocar juntos de novo, após 20 anos. Triste demais. Sua voz, suas músicas, seu piano serão eternos para todos nós fãs. Obrigado André. Descanse em paz. #andrematos

A post shared by Kiko Loureiro (@kikoloureiro) on

LEIA TAMBÉM: Andre Matos: causa da morte é revelada e corpo será cremado

Categorias: Notícias