Confira membros da banda

O guitarrista do Slayer Kerry King falou em entrevista com um site belga sobre os atentados terroristas em Paris, comentando que está surpreso que o extremismo religioso demorou tanto tempo para atacar o Rock. Confira seu depoimento:

“Eu fico surpreso que tenha demorado tudo isso para os terroristas atacarem um show de Rock. Por que eles odeiam a música Rock. Eles odeiam nosso modo de vida. Odeiam nossa liberdade e o fato de que nós nos divertimos. E claro, isso é muito ruim. O que aconteceu faz com que todo mundo pense duas vezes antes de arriscar sua vida para ir no show de uma banda. Mas se você parar de ir em shows, ou parar de faze-los, você faz o que os terroristas gostariam que você fizesse. É muito importante continuar fazendo o que você faz, o que você ama fazer, o tempo inteiro. E sabe, eu não sou o tipo de cara que passa a vida inteira se preocupando o tempo inteiro. Nós pegamos aviões logo após 11 de Setembro. Nós tocamos shows logo depois de Dimebag ter sido assassinado no show. Claro, as coisas podem dar errado. Mas você pode muito bem sair desse prédio e ser atropelado por um carro. Só faça o que você gosta de fazer e pare de se preocupar. Eu escrevi muitas músicas sobre a influência negativa de religiões organizadas. O que aconteceu em Paris é mais um exemplo disso. Eu não acredito no que o ISIS acredita e por isso eu deveria morrer. Essa é a coisa mais ridícula que eu já ouvi na vida. As pessoas tem se matado por séculos por causa de religiões organizadas”.

Ler todas as noticias do Wikimetal News

Tags:
Categorias: Notícias