Painel sobre a importância do punk se transformou em um grande bate boca entre os músicos

Na semana passada, vários ícones se reuniram em um painel do documentário Punk, produzido por John Varvatos. Entre eles o vocalista do Sex Pistols, John Lydon, também conhecido como Johnny Rotten, Henry Rollins do Black Flag e Marky, do Ramones.

Durante a conversa, Rotten aproveitou para irritar os outros músicos, começando com Rollins: “Você falou coisas bobas e coisas excelentes também”. Rollins respondeu: “E você nos chamou de um bando de garotos ricos. Queríamos arrancar suas orelhas.” Rotten retrucou dizendo que não gostava da música do Black Flag, pois era “entediante”.

Lydon logo atacou Marky Ramone, apontando que o baterista não é um dos integrantes originais da banda punk de Nova York. Como resposta, Marky expôs sua opinião de que Sid Vicious era o verdadeiro astro do Sex Pistols.

“Ele era o astro para babacas falsos como você. Aproveite suas drogas e tenha uma boa morte”, disse o vocalista do Sex Pistols, “Punk, para mim, era algo positivo, uma prova positiva de que podíamos mudar nossas vidas com a música, com letras verdadeiras e ataques ao sistema político. Esse imbecil é um viciado em drogas.”

No vídeo abaixo, é possível ver o momento em que a conversa esquenta e Rotten se levanta da cadeira para confrontar Marky.

Confira mais notícias sobre: