Baterista fala sobre shows com Slipknot

O antigo baterista do Slipknot e atual baterista do Vimic Joey Jordison falou mais à Metal Hammer sobre a sua declaração no Golden Gods Awards, em que confessou sofrer de mielite transversa, uma doença neurológica degenerativa.

Agora, Jordison desenvolve mais a história: “Estávamos nos últimos shows que estavamos fazendo em memória a Paul Gray. Estávamos no Canadá, no fim dos meus últimos shows com o Slipknot e eu algo aconteceu comigo. Eu não sabia o que era. Eu estava super doente.

Você pode estar doente e ainda tocar, mas isso era algo que eu nunca havia sentido na vida antes. Nós descobrimos que o que eu tenho é mielite transversa, uma condição neurológica que atinge sua medula, e incapacitou minhas pernas completamente. É como ter suas pernas cortadas fora, basicamente.

Eu toquei estes últimos shows e me assustou completamente. Eu não sabia o que era.”

Jordison explica que algumas pessoas assumiam que ele estava sob efeito de drogas ou álcool: “Eu não estava nem bebendo. Tudo estava perfeito. Tudo estava como deveria estar. Mas eu tinha que ser carregado até o palco. A dor é algo que eu nunca senti na minha vida, e eu não desejaria isso ao meu maior inimigo”.

Categorias: Notícias