Jett conversou com Lars Ulrich no programa de rádio do baterista

Durante uma recente entrevista ao programa de rádio de Lars Ulrich, Joan Jett falou sobre o fim do The Runaways. A banda é considerada a primeira girl band dos anos 70 e contava com, além de Jett, Lita Ford, Cherie Currie, Jackie Fox e Sandy West.

“Eu acho que depois que Cherie saiu, depois do Japão, nós fizemos um álbum que eu acho muito bom, o Waitin’ For The Night. Acho que foi uma progressão natural. Cada uma estava descobrindo quem éramos como artistas. Então, começamos a divergir um pouquinho”, lembrou Jett.

“Eu definitivamente era mais punk rock, rock and roll. Mas, sabe, eu gosto de música pesada. Mas acho que Lita e Sandy queria ir pra essa direção mais do que eu”, disse. “Eu tive um mau sentimento sobre isso. Eu não queria me cansar da banda que eu comecei.”

Joan acrescentou: “Nós fizemos mais um álbum depois disso, mas decidimos separar nossos caminhos. Nós nos damos muito bem. Então não há nenhuma briga. Não foi algo pessoal. Nós apenas crescemos em direções diferentes.”

LEIA TAMBÉM: Joan Jett ficou apavorada quando se apresentou com o Nirvana

Confira mais notícias sobre: