Hetfield fala sobre música em homenagem a Lemmy

Em entrevista a uma rádio americana, o vocalista do Metallica James Hetfield falou sobre a importância do Motörhead no Rock N’ Roll, e foi questionado sobre se a banda deveria estar no Rock N’ Roll Hall Of Fame:

“Existem tantas bandas incríveis que ainda não foram reconhecidas pelo órgão que se eles entrarem ou não, não é da minha conta. Mas é só um reconhecimento pequeno, uma pontinha. E realmente significa algo estar lá? Não sei. Mas para algumas destas bandas pode significar o mundo. Mas, absolutamente, e infelizmente, com a morte de Lemmy é realmente importante para mim ver o Motörhead sendo reconhecido lá, porque não há nenhuma pessoa nesse planeta mais Rock N’ Roll do que o Lemmy e o Motörhead”.

O guitarrista falou então sobre a música no novo álbum do Metallica “Hardwired… To Self Destruct” que foi feita em homenagem a Lemmy:

“A música se chama Murder One, que era o nome do amplificador do Lemmy, seu amplificador favorito de palco. E eu adorava ser assassinado toda noite por aquela coisa, cara. Ele era um ícone tão grande, uma inspiração enorme para todos nós como banda. Com certeza nós não estaríamos aqui senão fosse pelo Motörhead. E sabe, ver o seu ídolo, o imortal, se mostrar mortal, bateu muito forte na gente. Então eu senti que, em termos de letra, fazia sentido reconhecer ele e tudo que ele significou nas nossas vidas”

Categorias: Notícias