Leia a declaração de Peter Cornell

A esposa de Chris Cornell, Vicky compartilhou através da Billboard uma carta aberta que ela escreveu para o marido após a inesperada morte do vocalista do Soundgarden

Confira a emocionante carta na íntegra:

“AMIGOS,

Tem sido difícil juntar as palavras. Meu coração está despedaçado. Chris sempre foi meu irmão. Simplesmente “éramos”. Sem fingir. Sem ficar se mostrando. Não tinhamos que ir fundo o tempo todo em grandes papos. Algumas vezes bastava estarmos na mesma sala e estar presente. Isso era suficiente.

Até esta semana eu não tinha percebido como ele pertencia ao mundo. Que ele era um ícone e uma lenda. Dito isso, eu sinto muito por VOCÊS e pela perda de vocês. Artistas, atores, músicos. Nós precisamos dessas pessoas pra nos levar pra cima. Pra nos inspirar e nos distrair em tempos difíceis. Chris nos protegia quando precisavamos dele. Sua bondade nos rodeava como uma armadura. Ele era um guerreiro e um mago. Um lobo uivante e mentor que podiamos confiar.

Meu irmão doava livremente suas habilidades e isso nunca foi uma batalha. Ele se manteve fora da saturação da celebridade de uma forma tão humilde. O poder e a raiva e a paixão de meu irmão pela música sempre foi genuína, original e legítima. Ele era um cara poderoso, sensível, frágil, bravo, místico que vai existir pra sempre no legado que deixou.

E ele fez isso por TODOS nós. Dando. Deixando no palco ou nos discos que o manterão imortal. Eu nunca vou me conformar com a morte dele. Estou em choque desde que ouvi a notícia. Eu não consigo e não vou deixar ele ir.

Por favor saibam, com toda a humildade que eu consigo buscar no meu coração pulverizado, EU AGRADEÇO CADA UM DE VOCÊS pela sua bondade e pelas condolências. OBRIGADO por me encontrar através de suas lágrimas.

Tenham seus irmãos perto de vocês. Muito amor.
Peter Cornell.”

Categorias: Notícias