O cantor virá a São Paulo com o The Cult

A banda The Cult trará seu show para a capital paulista no dia 21 de Setembro no festival São Paulo Trip e nós do Wikimetal conversamos com o vocalista Ian Astbury.

Compre aqui os ingressos para o São Paulo Trip

Ao falar sobre a cena atual do Rock N Roll, Ian critica o termo que muitos usam, o “Classic Rock”:

“Quem criou o termo Classic Rock devia ser publicamente humilhado. Destruiu o Rock. Sabe quem criou isso? MTV, VH1, esses caras. Eles decidiram que todo Rock devia estar em uma única categoria, mas existem tantos tipos de Rock.”

Ele também conta que o Hip-Hop é uma grande influência para a banda, que todos tem muito o que aprender com o gênero mas não deixa de lado o Rock, principalmente nomes como Led Zeppelin, Sex Pistols, David Bowie e Iggy Pop, citando eles como os principais ingredientes.

“Eu amo R&B. No Reino Unido, quando começamos, éramos muito próximos da comunidade negra e temos tanto em comum. Músicas afro-americanas sempre fizeram parte da minha vida. O The Cult sempre foi uma banda influenciada pela cultura, por diversas culturas como do Tibet, Nepal, Índia.”

Já entrando em no ritmo brasileiro, Ian conta que a cultura do Brasil serve de grande inspiração, pois aqui há uma forte personalidade.

“É assim que deve ser. Vocês tem um estilo de vida muito particular. O Brasil é único. Eu sinto que ir ao Brasil é libertador, pois eu sinto que as pessoas nos entendem, devido a sua cultura diversificada.”

O músico comenta sobre sua vontade de trabalhar novamente com o produtor Rick Rubin que produziu o álbum Electric de 1987 da banda e elogia Bob Rock, produtor do Hidden City, entre outros álbuns do grupo.

“O Bob é um engenheiro incrível! Todos falam do Bob como produtor mas ele também é um ótimo engenheiro. Ele entende a banda e questiona o que nós queremos, até onde queremos ir e nos leva um passo pra frente.”

Saiba mais sobre o festival São Paulo Trip aqui.