Com seu primeiro disco solo a caminho, Corey Taylor refletiu sobre sua carreira com com Eddie Trunk no programa Trunk Nation Virtual Invasion, na SiriusXM. Por lá, ele revelou que quase gravou um disco com o Anthrax, mas a gravadora não permitiu.

Após o lançamento do We’ve Come For You All, de 2003, o Anthrax estava buscando um novo vocalista. A banda convidou Joey Belladonna para voltar em 2005, substituindo Josh Bush, mas que acabaria saindo dois anos depois, dando lugar a Dan Nelson.

“Foi algo que não conversamos muito, na verdade”, ele contou, “Foi algo que a gente pensou em fazer uma única vez, mas que íamos esperar para ver se tinha futuro.” A conversa começou quando Scott Ian e Frank Bello estavam em Nova York para um show acústico e convidaram Taylor para cantar com eles e ajudar a promover a casa de show.

“Então fomos lá, jantamos e fizemos o show acústico. Então depois estávamos todos conversando e meio brincando alguém falou ‘Ei, já pensou como seria legal se você entrasse pro Anthax?’ Todo mundo riu e então pararam. Aí todo mundo ficou tipo ‘Hmm, isso pode ser interessante’”.

Ele continua contando que a banda estava entre Joey e John e então a conversa progrediu e ele começou a se animar: “Eles me mandaram várias músicas, muitas que acabaram indo para o Worship Music [de 2011] – que bom, porque a música era tão boa.”

Taylor explica o que deu errado nos seus planos. O dia em que ele viajaria para Chicago para ensaiar com Scott Ian e Charlie Benante, a Roadrunner, gravadora do Slipknot, ligou para ele e disse que não permitiam que ele fizesse isso. “Eles queriam que eu voltasse a trabalhar no All Hope is Gone [disco de 2008 do Slipknot], porque tínhamos um contrato para mais um disco do Slipknot e eles não iam me liberar. Não sei se aquelas pessoas ainda estão lá na Roadrunner, pra ser sincero. Mas sei que eles foram bem diretos e agressivos naquela conversa.”

“Não que eu não quisesse fazer um álbum com o Slipknot, mas eu estava adorando a ideia de gravar um disco com o Anthrax. E eu ainda tive que ligar pros caras [do Anthrax] e contar que não ia rolar. Aquilo me deixou muito triste”, revela Corey, “Mas claro que as coisas funcionaram da melhor forma possível pra todos (…) O que precisava acontecer foi o que acabou acontecendo. Sou muito grato por ter feito parte daquela conversa e que eles ainda são meus amigos.”

Corey Taylor irá lançar o disco CMFT no dia 2 de outubro.

Categorias: Notícias