“Todas essas regras não valem muito”

Em uma entrevista, Gene Simmons defendeu bandas que fizeram grandes mudanças em sua equipe como AC/DC e Van Halen.

“As pessoas pensam ‘o AC/DC não pode existir sem Bon Scott’. Na verdade, eles podem. E, ‘eles não podem existir sem Brian Johnson’. Não, eles podem sim. Axl Rose fez um ótimo trabalho. E Van Halen, quem eu descobri, não pode existir sem David Lee Roth. Na verdade, eles cresceram mais com Sammy Hagar. Então todas essas regras não valem muito. (…) Uma banda é algo dinâmico; ela respira, ela está viva, e é apenas tão boa quanto as pessoas que a formam.”

O músico também comentou sobre as chances de se juntar a Ace Frehley, Peter Criss e Bruce Kulick para uma reunião do Kiss.

“Ah, eu acho que se for algo para acontecer apenas uma vez, tudo é possível. Quer dizer, Bruce Kulick e Bob Kulick estarão no cruzeiro do Kiss. Nós temos um ótimo lineup e nos divertimos muito. Então não há regras. É que se você está em um time, você quer consistência; você quer confiar nas pessoas, porque o grupo todo depende disso, certo? Então se o cara está usando drogas ou bebendo muito, o time todo afunda. Você depende um do outro – um por todos e todos por um.”

Categorias: Notícias