Leia as declarações

Em uma entrevista ao INDY Week, o guitarrista do Exodus e Slayer Gary Holt falou sobre os aspectos negativos que a internet teve sobre a indústria musical. Segundo o músico, o maior problema da internet foi ter dado voz aos ‘haters’. Holt fala de sua experiência pessoal, por ter substituído o guitarrista Jeff Hanneman e ter recebido muitas críticas:

“Eu lembro de quando eu era criança, bem antes da internet, quando o grande Bon Scott morreu, e eu te garanto que ninguém estava odiando Brian Johnson. Eu estava na fila para comprar “Back In Black” no dia que saiu, porque eu sou velho o suficiente para lembrar de lojas de discos. Eu fui no show duas noites e eu estava super pilhado. Não havia vibe negativa, a internet gera isso. Agora temos guerreiros de teclado. Você não vê um cara postando “E aí meus irmãos do Metal, temos que ficar juntos”. Não, isso não acontece. É muito segregado. Quando eu era criança, eu gostava de todos os tipos de Metal. A internet gera todos os tipos de idiotas, mas é ótimo para divulgar novas bandas. Você tem uma ferramenta mundial instantânea.”

Em uma entrevista separada à gravadora Nuclear Blast, o guitarrista do Anthrax Scott Ian também deu sua visão sobre a internet, focando-se no aspecto econômico:

“Se eu tivesse uma opção de fazer a internet ir embora, acho que a experiência para todo mundo ficaria muito melhor, pois a internet desvalorizou a música de um jeito em que as pessoas acham que podem tê-la de graça e não deveria ser assim. Se eu pudesse fazer a internet ir embora assim (estalo de dedos) e ela ir embora como se nós nunca soubessemos que ela existiu, eu escolheria isso, porque é muito melhor para a indústria musical”.

De modo geral, como você vê o efeito da internet na indústria musical?

View Results

Carregando ... Carregando ...

Ler todas as noticias do Wikimetal News

Categorias: Notícias