Baterista saiu do grupo em 2018 por problemas de saúde

Jeremy Spencer saiu do Five Finger Death Punch em dezembro de 2018 e surpreendeu muitos fãs com a notícia. Porém, agora, o baterista conseguiu superar esse momento com a novidade que ele se tornou um policial em Indiana, nos Estados Unidos, onde ele cresceu.

Spencer mora em Las Vegas, Nevada, mas escolheu servir como oficial de reserva em outro estado pois cresceu em um local perto. “É uma honra poder voltar para esta área onde posso servir à comunidade como um policial de reserva e ajudar meus irmãos”, ele escreveu em uma publicação no Instagram.

Quando saiu da banda, o baterista alegou que não aguentava a força física que o trabalho demandava devido aos seus problemas na coluna. Para conseguir atuar como policial, ele precisará passar por uma cirurgia de substituição de discos danificados da coluna lombar. “Quando curar, eu começo a servir. Como sou oficial de reserva, farei isso só de vez em quando.”

Ao falar sobre sair do mundo musical, ele revelou que está buscando “novas experiências”, mas não descarta a possibilidade de retomar as baquetas. “Eu estou ocupado agora, estou trabalhando em outros projetos. Mas o fato de eu não estar mais em uma banda não significa que me aposentei.”

O novo baterista do Five Finger Death Punch é Charlie Engen. A banda o encontrou no Instagram e logo se deram bem. Saiba mais sobre a história aqui.

LEIA TAMBÉM: Five Finger Death Punch e Brian May se unem em nova versão de “Blue on Black”

Confira mais notícias sobre: