Porta-voz da plataforma explicou a situação

O Facebook retirou a censura que havia colocado na capa do disco House of the Holy do Led Zeppelin após a arte ter ativado o filtro de censura automático da plataforma.

A rede social baniu a capa que mostra figuras nuas subindo uma montanha e quem percebeu foi a fã Michell Kaotic, que compartilhou a descoberta com seus amigos e logo a história tomou proporções enormes na internet.

Agora, após a movimentação que aconteceu entre os fãs, o Facebook resolveu remover a censura, permitindo que usuários da plataforma compartilhem a imagem sem sofrer qualquer punição, como ter sua publicação removida.

O porta-voz do Facebook explicou a situação para a Ultimate Classic Rock dizendo que a plataforma não permite imagens de crianças nuas como “parte da ética de nossa comunidade”. “Mas nós sabemos a importância cultural da imagem e por isso nós estamos recuperando as publicações deletadas”, ele revelou.

Usuários agora esperam que a plataforma seja mais cuidadosa para evitar censuras desnecessárias no futuro.

Led Zeppelin - Houses of the Holy

LEIA TAMBÉM: Led Zeppelin compartilha terceiro episódio da série que conta história da banda; assista aqui

Categorias: Notícias