Veja o depoimento

Em entrevista a AXS, o líder do Megadeth Dave Mustaine relembrou um dos momentos que contribuiu para a saída do guitarrista Marty Friedman da banda no fim de 99. Mustaine relacionou o fato com um solo de guitarra do álbum Risk:

“Um dos maiores motivos que fez Marty Friedman sair do Megadeth foi o solo de Breadline. Esta era uma música que Marty queria muito fazer o solo. E ele fez, mas quando nós recebemos a música de volta da gerência eles falaram ‘Nós não gostamos do solo’. Marty já tinha saído então eu concordei em refazer. Mas eu falei para eles avisarem o Marty que eles não gostaram do solo e que queriam um novo, porque eu sabia que ia causar problemas. Então estávamos ouvindo as músicas no estúdio e chega essa música. Todo mundo está lá, todos animados. Estou lá gordo, ignorante e feliz achando que eles tinham avisado o Marty que seria o meu solo e não o dele. Então chega a música e toca meu solo. Dave Ellefson e eu olhamos pro Marty e tem lágrimas escorrendo em seu rosto. Eu pensei ‘Meu Deus, vocês não avisaram!’. Me senti horrível. Estas são as pequenas coisas que acabam com tudo. As pessoas não vem essa parte. Eles acham que é minha culpa. Claro, eu tive uma parte da culpa, mas quem esqueceu de avisa-lo?”

Tags:
Categorias: Notícias