“Eu não queria ficar preso naquele lugar onde estava quando o Nirvana terminou”

Em uma entrevista recente à Billboard, Dave Grohl refletiu sobre o final do Nirvana e o sucesso do Foo Fighters.

“Depois do primeiro disco [do Foo Fighters] nós pensamos, ‘Ok, bem, vamos fazer mais um’”, ele contou, “Então pensamos ‘Desta vez, vamos ter um produtor e vamos trabalhar nisso, porque o primeiro foi só eu, cinco dias no estúdio’.”

“Então as coisas foram acontecendo e foi uma boa maneira de sentir que a vida tinha direção e que havia coisas para acontecer, porque eu não queria ficar preso naquele lugar onde eu estava quando o Nirvana terminou.”

Ao falar sobre o sucesso do Foo Fighters, ele confessou nunca ter imaginado que a banda chegaria onde está hoje, “Se alguém me dissesse que estaríamos onde estamos agora, eu diria a eles que estavam errados, que não há como isso ser possível.”

Confira mais notícias sobre: