Dickinson disse que alguns veículos foram “hipócritas” ao relacionar o câncer com sexo oral

Bruce Dickinson mais uma vez expressou desdém por alguns veículos de mídia que sugeriram que ele teve câncer de língua por causa de sexo oral.

O vocalista do Iron Maiden teve um tumor do tamanho de uma bola de golf na língua e outro linfonodo do lado direito da garganta. O câncer pode ter sido causado pelo virus sexualmente transmissível do HPV.

Dickinson foi tratado e curado até 2015 depois de nove semanas de quimioterapia. O HPV é considerado um tabu, já que muita gente se sente desconfortável em discutir doenças sexualmente transmissíveis.

“É bobo que haja esse estigma”, disse Dickinson em entrevista. “Se alguém te pergunta, ‘que câncer você teve?’ e é um tumor cervical, ninguém vai te chamar de sujo, de depravado. Mas as células são as mesmas. ‘Você fez sexo’. É o que as pessoas fazem, senão estariam extintas.”

“Provavelmente 80% da humanidade foi exposta ao papilomavirus [HPV]. O que as pessoas deveriam estar preocupadas era em descobrir porque tem gente que tem câncer com esse vírus. Porque existe uma epidemia em homens com mais de 40 anos?”, continuou. “Não há testes em homens, é muito simples, deveriam testar. Como fazem o exame Papanicolau em mulheres.”

Dickinson disse que queria cobrir sua luta contra o câncer na autobiografia de 2017 para aumentar o nível de conhecimento sobre a doença. Indivíduos com câncer relacionado ao HPV em tratamento têm de de 85 a 90% de chance de estarem livres da doença em cinco anos.

LEIA TAMBÉM: Líder do Iron Maiden é nomeado cidadão de honra de Saravejo

Confira mais notícias sobre: