“Provavelmente faria com que a geração mais nova enfrentasse a causa de perto”, disse o guitarrista

O icônico guitarrista do Queen Brian May disse durante uma entrevista ao Daily Mirror que gostaria de houvesse uma nova edição do lendário show Live Aid, abordando a mudança climática e o aquecimento global.

O festival, que teve sua última edição em 1985, no estádio de Wembley, em Londres, e no John F. Kennedy, na Filadélfia, teve como objetivo arrecadar fundos em prol dos famintos da Etiópia. Naquela época, ocorreram as presenças marcantes de Phil Collins, U2, David Bowie e, claro, o Queen, em uma de suas melhores perfomances de todos os tempos.

“Provavelmente faria com que a geração mais nova enfrentasse a causa de perto. Nós ajudaríamos em tudo que fosse preciso para que acontecesse”, ele disse. Porém, o músico sabe que não é fácil passar a ideia de que o show possa mudar o mundo. “As pessoas viram, após o Live Aid, muitos shows com o intuito de resolver os problemas mundiais, então não é tão fácil como parece.”

O que você acha? É uma boa ideia?

LEIA TAMBÉM: Five Finger Death Punch e Brian May se unem em nova versão de “Blue on Black”

Confira mais notícias sobre: