O guitarrista Brian May disse que o filme foi um trabalho de amor

A premiada cinebiografia do Queen, Bohemian Rhapsody, chegou a U$903.175.016 na bilheteria mundial. Porém, o guitarrista Brian May disse que a banda não recebeu um centavo do filme ainda.

May disse que não imaginava que o filme iria tão bem comercialmente. “Foi um longo trabalho de amor – cerca de 12 anos de desenvolvimento, eu acho. Sabíamos que iria bem [de bilheteria], mas não imaginávamos que fosse tão bem. Foi incrível ao redor do mundo”, contou.

“Eu tive que rir outro dia quando li uma matéria dizendo que tínhamos ficado rico com o filme. Se eles soubessem. Estivemos com um contador recentemente e ainda não ganhamos um centavo do filme. Quanto sucesso um filme precisa fazer para que se comece a fazer dinheiro?”

Porém, ele disse que se sente orgulhoso com o resultado. “O sentimento é ótimo. Eu acho que o Freddie [Mercury] teve a dignidade mantida, sem ser descaracterizado. É muito real… eu acho que as pessoas ficaram impressionadas com a performance do Rami Malek. É fenomenal o jeito que ele entrou na pele do Freddie.”

LEIA TAMBÉM: Bohemian Rhapsody pode ganhar uma continuação

Confira mais notícias sobre: