O guitarrista Brian May acha que os críticos se precipitaram ao falar do filme

O guitarrista Brian May respondeu as críticas ao filme Bohemian Rhapsody, cinebiografia do Queen.

Ano passado, Bohemian Rhaposdy se tornou a cinebiografia musical mais lucrativa da história. As críticas foram mistas, mas muitas delas começaram desde o primeiro trailer. O escritor e produtor Bryan Fuller, por exemplo, colocou em pauta como o vídeo escondia a sexualidade de Freddie Mercury.

Essa semana, Rami Malek recebeu o Globo de Ouro de Melhor Ator por sua interpretação do cantor. Sobre a vitória, May disse que o sucesso do filme mostrou que o criticismo contra o filme pode ter sido prematuro.

“O erro que os críticos cometeram foi de criticar o trailer em vez de criticar o filme”, disse May. “Eles se precipitaram. Quando as pessoas fazer declarações, é difícil retirá-las depois”.

A atriz Lucy Boynton falou sobre a opinião de que o filme tentou esconder a bissexualidade de Mercury. Ela considera a crítica “frustrante”.

“As pessoas querem algo para criticar. Uma coisa que temos muito orgulho do filme é que ele não passa nenhuma linha. Ele não é intrusivo nem expositivo”, disse. “Eu não sei o que as pessoas queriam ver… elas sempre perguntam sobre o lado sombrio do personagem. Mas é uma celebração, uma ode a ele.”

LEIA TAMBÉM: Bohemian Rhapsody é um dos grandes ganhadores do Globo de Ouro

Confira mais notícias sobre: