Confira a declaração

Em entrevista ao The Metal Voice, o vocalista Blaze Bayley falou sobre toda sua carreira, relembrando a sua demissão do Iron Maiden em 1999:

“Eu deixei o Iron Maiden, não por escolha, fui demitido, eles disseram que eu não era bom o suficiente. Eu perguntei se Bruce estava voltando e eles disseram sim. Eu acho que o que estava acontecendo no mundo na época é que as vendas de CD estavam caindo. A EMI estava fechando todas as fábricas ao redor do mundo. A indústria do CD estava diminuindo. Diferentes gravadoras estavam se unindo em parcerias diferentes. Então eu acho que foi uma decisão de negócios a volta do Bruce. Eu fiquei muito magoado na época e eu acho que foram quatro anos até eu aceitar de verdade o que havia acontecido”.

Categorias: Notícias