Capa do Somewhere In Time é uma das mais criativas da discografia do Iron Maiden

O jornalista Dave Basner listou 32 referências que o Iron Maiden escondeu na capa e na contra-capa do clássico álbum Somewhere In Time.

A ilustração feita por Derek Riggs para o sexto disco da Donzela de Ferro é uma das mais criativas na discografia da banda, justamente por fazer referência a muitas coisas da vida do Iron Maiden.

Veja abaixo as imagens destacando essas 32 referências numeradas que estão presentes no lendário Somewhere In Time e no final, veja mais 3 referências adicionais que encontramos. Divirta-se!

Referências na capa:

01. A placa da rua traz o nome “Acacia” em referência à música do álbum The Number Of The Beast, “22 Acacia Avenue”.

02. O poster mostra a imagem do Eddie do álbum de estreia da banda com a pixação “Eddie lives.” Posters assim também aparecem na capa dos singles “Sanctuary” e “Women In Uniform”.

03. O “Olho de Horus” aparece em neon, em referência à letra da música “Powerslave” que menciona o símbolo egípcio de proteção.

04. A cesta de lixo no poste de luz é idêntica à que aparece na capa do álbum Iron Maiden.

05. O gato preto com auréola, aparece na contra-capa do Live After Death.

06. A palavra “Websters” é uma referência a Charlie Webster, diretor de arte da gravadora do Iron Maiden na época, a EMI.

07. O símbolo no peito do Eddie é a tradicional assinatura de Derek Riggs, presente em todos os álbuns que ele desenhou.

Referências na contra-capa:

08. O relógio marca 23:58, em referência ao clássico do Powerslave, “2 Minutes To Midnight”.

09. O nome do teatro aparece como “Phantom Opera House” em referência à música “Phantom Of The Opera”, faixa do primeiro disco.

10. “Aces High Bar” é referência a “Aces High”, música que abre o Powerslave.

11. Um avião Spitfire aparece voando acima do “Bar Aces High” justamente o mesmo modelo que aparece na capa do single de “Aces High” e na letra da música.

12. “Sand Dune” (Duna de Areia) faz referência à música que fecha o Piece Of Mind, “To Tame A Land” cuja letra conta a história de “Duna”.

13. As pirâmides aparecem na capa do Powerslave.

14. A silhueta da morte com a foice aparece também na capa do single de “The Trooper” na capa do Live After Death.

15. O letreiro do cinema traz “Life After Death”, nome do álbum ao vivo de 1985. Também diz “Blade Runner” que é inspiração para o tema da capa do Somewhere In Time. Mais acima, o nome do cinema é “Phillip K. Dick” autor de ficção científica que escreveu “Do Androids Dream of Electric Sheep?” que foi inspiração para o filme Blade Runner.

16. A propaganda diz “Ancient Mariner Seafood Restaurant” (Restaurante de Comida do Mar do Velho Marinheiro) em referência ao clássico de 12 minutos “Rime Of The Ancient Mariner” do Powerslave.

17. The Ruskin Arms é um dos primeiros lugares aonde o Iron Maiden tocou na vida.

18. A mulher no quarto da luz vermelha faz referência à prostituta Charlotte, que é tema das músicas “Charlotte The Harlot” do álbum de estreia e “22 Acacia Avenue” do álbum The Number Of The Beast.

19. Rainbow é outro lugar aonde o Iron Maiden tocou.

20. “L’Amours Beer Gardens” faz referência ao “L’Amour”, local de shows no Brooklyn aonde o Iron Maiden também tocou.

21. A cabine telefônica TARDIS da série “Doctor Who” da BBC aparece aqui, sendo que o painel de controle da TARDIS já havia aparecido na capa do single “Wasted Years”.

22. Um Ícaro em chamas caindo do céu é a capa do single “Flight Of Icarus” e presente em toda a letra do clássico presente no Piece Of Mind.

23. O placar do jogo de futebol mostra “West Ham 7 x 3 Arsenal”. Steve Harris é torcedor fanático do West Ham United Football Club.

24. O painel anuncia “Hoje: Gypsy’s Kiss” que é o nome da primeira banda de Steve Harris.

25. Long Beach Arena é o local aonde foi gravado o álbum Live After Death.

26. “Maggie’s Revenge” (A vingança de Maggie) é uma referência à Primeira-Ministra da Inglaterra na época, Margaret Thatcher, que aparece nas capas dos singles “Sanctuary” e “Women In Uniform”.

27. Esse desenho é o mesmo formato da presilha que segura o crânio do Eddie na capa do álbum Piece Of Mind e em alguns discos depois.

28. O desenho mostra Bruce Dickinson segurando um cérebro, em referência ao Piece Of Mind.

29. Nicko McBrain está usando óculos de aviador pois ele tinha tirado a licença de piloto. Ele usa também uma camiseta que é vendida na loja oficial do Iron Maiden que diz “Iron What?”

30. Hammerjacks é o nome do bar favorito do Iron Maiden nos EUA que fica em Baltimore.

31. Tehe’s Bar é o local aonde foram gravadas as vozes do coral na música “Heaven Can Wait” do Somewhere In Time.

32. >Herbert Ails é uma referência a Frank Herbert que escreveu “Duna” e recusou o pedido do Iron Maiden para batizar a música “To Tame A Land” como “Dune”. Herbert faleceu no mesmo ano do lançamento do Somewhere In Time.

Além destas 32, existem várias outras referências escondias como a frase “This is a very boring painting” (“Este é um desenho muito chato”) escrito de trás pra frente nas janelas atrás de Eddie. Derek Riggs levou 3 meses para concluir o desenho e por isso deve ter colocado a mensagem.

Outra referência é “Upton Park” como placa de rua que é o endereço do West Ham, time do coração de Steve Harris.

E por fim, uma figura que alguns acham que poderia ser o Batman, mas que faria mais sentido ser o Fantasma da Ópera.

Existem ainda referências a Isaac Asimov e outros autores de ficção científica.

Categorias: Listas Notícias