A quantidade de música lançada é 7 vezes maior que nos anos 60

Como Spotify, Apple Music e outras plataformas de streaming de música se tornaram a maneira dominante dos ouvintes, os artistas estão se ajustando a essa condição, de acordo com o The Wall Street Journal.

Conforme resumido pela UPROXX, o site de coleta de discos Discogs relata que a quantidade de música lançada mundialmente desde a década de 60 aumentou aproximadamente 7 vezes. E devido a maneira como os artistas ganham dinheiro com os serviços de streaming de música, esse número continua avançando. No ano passado, 150 mil álbuns venderam pelo menos uma cópia digital ou física, em comparação com apenas 36 mil em 2000.

“Ao contrário dos CDs ou downloads, que geram receita uma única vez, o streaming de uma música gera royalties a cada vez que ela é ouvida. Tem grandes gravadoras lançando catálogos de música e reeditando músicas antigas, enquanto batalham por participação de mercado”, falou o escritor Nel Shah, responsável pelo estudo.

Tags:
Categorias: Notícias