A banda iraniana Arsames, que chamou a atenção do mundo após ser sentenciada a 15 anos de prisão “por estar em uma banda satânica de metal e ser contra o governo islâmico”, saiu do país após a sentença, confirmam fontes, mas ainda esperam o julgamento da condenação.

Em um esclarecimento para a Loudwire, a banda afirma “Nossa música é sobre nossa cultura do passado, história… que eles acham que quando nós cantamos grosso e tocamos música rápida somos adeptos ao Satanismo! As caveiras em nossas camisetas significam para eles a mesma coisa que músicos satanistas”.

O governo iraniano ainda não se pronunciou a respeito do ato da banda.

Tags:
Categorias: Notícias