Em 1993, Matos quase substitui Bruce Dickinson como vocal do Iron Maiden

A Rolling Stones Brasil relembrou o tempo em que Andre Matos quase se tornou vocalista do Iron Maiden. Como um dos grandes vocalistas do metal mundial, ele foi cotado para substituir Bruce Dickinson quando o britânico deixou a banda em 1993.

Em entrevista de 2014, Matos contou o motivo de não ter sido convocado:

“Eu realmente era o primeiro nome para entrar no Iron Maiden, após a saída do Bruce, mas, por ser uma banda britânica, houve uma rejeição em colocar um vocalista latino para integrar o grupo”, revelou.

O vocalista disse, porém, que não se abalou com o fato por causa do prestígio que tinha no metal nacional. Ele confirmou que, se o chamassem novamente, “aceitaria com o maior prazer”.

A curiosidade é que, tempos depois, Matos se encontrou com Blaze Bayley, que conseguiu a vaga na época. O então vocalista revelou um segredo satisfatório. “Eu me encontrei com o Blaze na estrada e ele me disse que eu deveria ter entrado no Iron Maiden no lugar dele. Eu fiquei muito feliz com o reconhecimento dele”, contou.

André Matos faleceu neste sábado por causa de um ataque cardíaco.

LEIA TAMBÉM: Andre Matos havia dado sinal verde para uma reunião do Angra

Confira mais notícias sobre: