Ex-baixista conta a história

Em um novo livro sobre a história do AC/DC, “The Youngs: The Brothers Who Built AC/DC”, o ex-baixista, Mark Evans, contou que a banda considerou demitir o vocalista Bon Scott.

Segundo Evans, os irmãos Malcolm e Angus Young consideraram tirar o vocalista da banda devido ao abuso de heroína por parte de Scott. O baixista explica que os Young tinham uma política de tolerância zero com drogas pesadas.

“Houve menção de um novo cantor, mas nunca chegou a este ponto. Não houve muita conversa na época, foi apenas: ‘Pode ser que haja uma grande mudança'”, diz Evans.

O autor do livro comenta a declaração de Evans: “É importante pois mostra Bon Scott era visto como dispensável, assim como qualquer membro da banda, que não fosse um dos irmãos Young”.

Leia mais sobre o AC/DC

Ler todas as noticias do Wikimetal News

Tags:
Categorias: Notícias